fbpx

Geral

Visita técnica averígua situação dos animais do zoológico do Tropical Hotel Manaus

Dep. Joana Darc
Escrito por Dep. Joana Darc em 18/07/2019
Visita técnica averígua situação dos animais do zoológico do Tropical Hotel Manaus

A Comissão de Meio Ambiente da Aleam em ação conjunta com órgãos ambientais buscam soluções para atual situação do animais que estão no local

A Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Proteção aos Animais e Desenvolvimento Sustentável (Caama), deputada Joana Darc (PL), realizou visita técnica no Zoológico do Tropical Hotel Manaus, em conjunto com alguns órgãos ambientais como Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Delegacia Especializada em Meio Ambiente (DEMA), e  Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA).

O objetivo da visita foi verificar a situação dos animais que estão alocados no zoológico e buscar soluções para definir o futuro deles. “Nosso objetivo é buscar soluções técnicas, práticas e que possam dar suporte para que esses animais tenham um destino seguro e continuem sua vida de forma saudável e estável”, ressaltou a presidente.

 

Durante a visita foram verificadas as condições ambientais, instalações e alimentação dos animais. Ao final, os representantes se reuniram para discutir ideias e soluções para que os animais do zoológico continuem recebendo os cuidados necessários. 

 

Para Joana Darc é preciso pensar de maneira responsável. “Temos que discutir e pensar sobre medidas seguras a serem tomadas e projetos que possam ser desenvolvidos para que o espaço continue em funcionamento, atendendo a comunidade escolar, a população em geral, sempre preservando o bem estar dos animais. Vamos trabalhar parcerias entre os órgãos e articular junto ao poder executivo para que uma solução seja encontrada”, finalizou a deputada.

 

Em agosto será realizada uma nova reunião na Comissão da  Assembleia Legislativa do Amazonas para definir ações que poderão preservar o animais do zoológico e também o espaço que os abriga.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *