fbpx
Suicídio: Precisamos falar sobre isso!

Artigos

Suicídio: Precisamos falar sobre isso!

Dep. Joana Darc
Escrito por Dep. Joana Darc em 04/09/2019

Cada vez mais vemos pessoas doentes com estresse, ansiedade e depressão.  Doenças emocionais tem sido o mal deste século. São inúmeros os fatores que podem desencadear uma crise que podem levar um indivíduo a querer dar fim à própria vida.  Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), temos um suicídio a cada 40 segundos no mundo. O Brasil ocupa o oitavo lugar no ranking de países com mais casos. Este é um problema de saúde pública que não pode mais ser visto como banal ou irrelevante, precisamos falar a respeito. É necessário estarmos atentos aos sinais de vulnerabilidade que uma pessoa apresenta. Isolamento e distanciamento social, todos são indícios de vulnerabilidade. Diferente do senso comum, quem fala, pode vir a cometer suicídio, sim. Familiares e amigos devem ficar atentos a frases e comportamento como:

  • “Minha vida não tem mais sentido.”
  • “Não tenho mais vontade de viver.”
  • “Eu sou um peso para minha família.”
  • “Preferia estar morto.”

Se você precisa de ajuda, ou conhece alguém que precisa de acompanhamento psicológico, deixo abaixo a lista com alguns locais que oferecem atendimento com profissionais capacitados para ajudar. 

Você pode conversar com um voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV) ligando para 188 de todo o território nacional, 24 horas todos os dias de forma gratuita.

Atendimento Psicológico Gratuito em Manaus. Segue a lista:

  • Clínica Escola de Psicologia UNINORTE: Av. Getúlio Vargas, 720 – Centro – Telefone: 3212-5169
  • Clínica Escola de Psicologia ESBAM:Rua Leonor Teles, 153, Conj. Abílio Nery –Adrianópolis – Telefone: 3305-1809
  • Clínica Escola de Psicologia FAMETRO: Av. Constantino Nery, 3378, Chapada -Telefone: 98423-0823
  • Serviço de Psicologia Aplicada UFAM – CSPA: Setor Sul da UFAM (minicampus), Bloco X – Coroado I – Telefone: 3305-1181 ramal 2582 / 3305-4121
  • Serviço de Psicologia Aplicada ULBRA – SPA: Av. Carlos Drummond de Andrade, 1460, Bloco E Térreo – Conj. Atílio Andreazza – Telefone: 3616-9800 ramal 9819
  • Policlínica Gilberto Mestrinho: Av. Getúlio Vargas, 341 – Centro – Telefone: 3198-8000 – Atendimento somente à tarde. Necessário cartão SUS e documento de identificação com foto.
  • Centro de Atendimento Psicológico FMF – CAPSI: Rua Natal, 300 – Adrianópolis – Telefone: 2121-0966

 

Caso o paciente seja encaminhado para um psiquiatra e precise de medicação, boa parte dos remédios necessários para o tratamento da depressão são disponibilizados pelo Estado e Município, em UBS e policlínicas com farmacêuticos. É obrigatória a apresentação da prescrição médica e cópia, cartão SUS e documento de identificação com foto para retirar os remédios prescritos.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *