fbpx
No janeiro branco, Joana Darc (PL), destaca plano estadual de prevenção ao suicídio

Geral

No janeiro branco, Joana Darc (PL), destaca plano estadual de prevenção ao suicídio

Dep. Joana Darc
Escrito por Dep. Joana Darc em 06/01/2020

Durante o mês de Janeiro é realizada anualmente uma campanha para destacar a importância da saúde mental.  O Janeiro Branco tem como objetivo principal levar as pessoas a refletirem sobre suas vidas, a qualidade dos relacionamentos e incentiva o debate sobre o tema. Sabe-se que a depressão tem sido umas doenças que têm assolado jovens e adultos desta década.

Para complementar campanhas que sensibilizem a sociedade para tais temáticas é que a deputada estadual Joana Darc (PL), propôs a criação do Plano Estadual de Prevenção ao Suicídio, que tem com objetivo identificar possíveis sintomas, tratar o transtorno mental ou psicológico que pode incluir depressão, transtorno bipolar, esquizofrenia, alcoolismo e abuso de drogas, e prover o acompanhamento de indivíduos que apresentem o perfil, minimizando a evolução dos quadros que podem chegar ao suicídio.

O projeto ainda tramita pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), e se aprovado pelos deputados, e sancionado, deverá ser executado pela Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam). 

Dentre as atividades estabelecidas no plano de prevenção ao suicídio estão: promoção de palestras visando identificar possíveis pacientes que se enquadrem no perfil, exposição com cartazes citando sintomas, alertando para diagnóstico, e aumentando o acesso público às informações sobre todos os aspectos da prevenção de comportamento suicida. Deverão ser idealizados canais de atendimento aos diagnosticados ou àqueles que se encontram, com possível sintoma de tentativa de suicídio, promoção da conscientização com relação a questões de bem estar mental, comportamentos suicidas, as consequências de estresse e gestão efetiva de crise, e criação de um sistema de coleta de dados integrado a Secretaria Estadual de Saúde, a fim de identificar e monitorar possíveis casos para avaliação e cuidado promovendo a interdisciplinaridade entre os profissionais que irão atuar no segmento.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *