fbpx
Animais resgatados na ocupação Monte Horebe precisam de lar temporário

Causa Animal

Animais resgatados na ocupação Monte Horebe precisam de lar temporário

Dep. Joana Darc
Escrito por Dep. Joana Darc em 10/03/2020
Momento de mais um resgate no Monte Horebe

Animais resgatados na reintegração de posse do Monte Horebe, na Zona Norte de Manaus, estão precisando de lares temporários. A deputada estadual Joana Darc (PL), que está fazendo resgates junto com sua equipe PET desde a última quarta-feira (4), se responsabiliza em ajudar os cães e gatos resgatados com ração, vacinação e cuidados veterinários, até que os animais sejam adotados ou possam voltar para suas famílias. 

Nesta sexta-feira (6), a equipe voltou ao Monte Horebe e resgatou três cães e cinco gatos. Ao todo, já são 19 animais resgatados.”São animais que ficaram para trás ou seus donos nos entregaram por não terem condições de levá-los. Mas também resgatamos animais que estavam abandonados, um deles em estado bem crítico. Todos foram levados para a clínica veterinária para serem examinados e passarem por atendimento”, comentou Joana Darc. 

Os animais que foram abandonados serão colocados para adoção. Já os que foram entregues espontaneamente serão devolvidos aos seus tutores assim que eles estiverem nas casas de aluguel social. “Por se tratar de uma desocupação, eu e minha equipe de voluntário resolvemos fazer esse trabalho social em favor dos animais, que muitas vezes ficam esquecidos durante estas operações”, frisou Joana. 

A dona de casa Marlin Rocha Lemos foi uma das moradoras quem entregou seu cão, o Pingo, para um lar temporário. “Estamos no processo de mudança e iremos para um apartamento. Está me doendo o coração, mas será só por um tempo. Com toda certeza, assim que estivermos em uma moradia melhor, vou buscar meu Pingo de volta”, disse. 

A equipe contou com o apoio da Assessoria de bem-estar animal (Assba), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), do Comando de Operações Especiais (COE), Batalhão Ambiental e Companhia Independente de Policiamento com Cães (CipCães), protetores e médicos veterinários voluntários.

Para quem tiver interesse em ajudar com lar temporário ou doação de ração, basta entrar em contato com a equipe PET da deputada pelo telefone (92) 98145-1111. 

Degradação
Antes de iniciar a ação de resgate desta sexta-feira, a parlamentar fez o reconhecimento da área junto com o secretário de meio ambiente, Eduardo Taveira, e conheceu o Igarapé do Geladinho, que faz fronteira com uma Área de Preservação Ambiental (APA). 

Eduardo Taveira, secretário de meio ambiente do Estado do Amazonas

“É importante mostrar pras pessoas que quando uma ação de desocupação é realizada,  evita-se mais degradação do meio ambiente.”

Vimos aqui um terreno completamente degradado, mas com recursos naturais ainda preservados. Com o trabalho que será realizado pela equipe da Sema, esses ambientes serão recuperados”. 

Eduardo Taveira informou que desde o momento em que as estratégias estavam sendo montadas para realizar a desocupação, as ações ambientais já estavam previstas. “Neste primeiro cenário vimos um impacto ambiental muito grande na área da floresta. E nesta primeira visita após a retirada, tivemos a grata surpresa de conhecer uma área de igarapés que está bem conservada apesar do avanço da ocupação”, comentou.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *